Scroll Top

Artigos Gerais

Estrutura Organizacional das Empresas

Estrutura Organizacional das Empresas

Conceito

A organização nada mais é do que a própria divisão do trabalho. Este fato nos leva a admitir a existência de autoridade; deveres e

obrigações de diretores, chefes, encarregados, funcionários ou empregados. É o que se conhece sob a denominação de hierarquia.

A hierarquia é a classificação dos cargos pela ordem de subordinação, ou, é a escala de autoridade existente no grupo.

A hierarquia vai desde a mais alta autoridade da empresa até o último subordinado. Esta linha hierárquica, de autoridade (de cima para baixo) e de responsabilidade (de baixo para cima), que vai desde o diretor da empresa até o último empregado, e vice-versa, é o que se chama tipo de organização ou tipo de estrutura. A estrutura é o arranjo dos elementos que constituem uma organização.  É um conjunto integrado de elementos suportes que formam as demais partes componentes de um organismo, sendo representado, em organização, pelo conjunto de órgãos, suas relações de interdependência e a via hierárquica existente, assim como as vinculações que devem ser representadas através do organograma.

A estrutura de uma empresa não se restringe apenas às diversas unidades (departamentos, divisões, seções etc.) que a compõem,

mas também aos funcionários e às relações existentes entre superiores e subordinados. Estrutura é a disposição dos órgãos de uma entidade de acordo com as condições de finalidade, de lugar e de atualidade. Organograma é a representação gráfica da escala de posições ou de funções de uma entidade qualquer.

Para chegar à estrutura e ao organograma de uma entidade, deve-se antes realizar a análise de cargos dessa mesma entidade com a

descrição das atividades de cada uma das funções nela existentes.

Descrição de cargos

Basicamente, uma descrição de cargos é uma relação organizada das tarefas ou deveres atribuídos a um indivíduo que exigem, em maior ou menor escala, determinados conhecimentos ou aptidões, bem como das responsabilidades que o mesmo assume emdecorrência da ocupação do cargo descrito.  Além disso, uma descrição de cargo corretamente redigida leva em conta a categoria

ou nível hierárquico da função, a finalidade para a qual foi criada ou as metas do setor a que pertence, o qual, por sua vez, é uma parcela que trabalha no sentido de contribuir para que toda a organização de que faz parte atinja não só os seus objetivos básicos, mas também os resultados previstos para a empresa. Outro aspecto fundamental da descrição de cargos é que deve relacionar tarefas e responsabilidades que sejam possíveis de ser realizadas pelo homem mediano com a necessária experiência, e não aquelas que só podem ser realizadas por aqueles que possuem virtudes e experiências excepcionais.

A descrição de cargos deve, ainda, ser considerada parte integrante do organograma, pois indica mais pormenorizadamente relações funcionais do ocupante do cargo, ou seja, a quem é subordinado ou presta contas e, quando a função tem algum grau da autoridade, que auxiliares supervisiona. Independentemente de sua utilidade mais óbvia de definir o papel de um indivíduo como componente de uma organização, a fim de cargos tem outras finalidades importantes, pois serve também para:

  • Determinar os requisitos mínimos que o candidato a um cargo precisa ter para cumprir satisfatoriamente suas obrigações.
  • Estabelecer os padrões de desempenho das tarefas descritas para verificação da eficiência funcional do homem.
  • Avaliar os esforços, os conhecimentos, as aptidões e os demais detalhes pertinentes exigidos de determinado componente da organização, para cálculo da remuneração a que deve fazer jus.
  • Verificar as afinidades entre diversos cargos para efeito de classificação e enquadramento em faixas salariais.
  • Redigir corretamente os anúncios que facilitarão o recrutamento de candidatos certos.  Com esse procedimento, evita-se a perda de tempo com grande número de pretendentes às vagas oferecidas sem a menor qualificação exigida.

Os fatores que devem ser levados em conta na redação das descrições dos cargos são os seguintes:

 

  • Função básica (o que faz, principalmente?).
  • Jurisdição (onde faz?).
  • Tarefas rotineiras (o que faz e como faz?).
  • Relações funcionais (em quem manda e a quem obedece?).

Tópicos da Série Livro Vivo!

 

Definição de Empresa – Ebook auxiliar e Assistente Administrativo

 

Auxiliar e Assistente Administrativo – Abordagem Didática para Aulas – Cartas

 Auxiliar e Assistente Administrativo – Abordagem Didática para Aulas – Entendendo as Diferenças

 Auxiliar e Assistente Administrativo – Abordagem Didática para Aulas – O que faz um auxiliar / assistente administrativo?

 

Jhonny Lopes

Sobre o autor | Website

Professor de Informática - Tec. Informática / Empresário Individual, Graduando em Teologia - Instituto Logos - Criador Do Conaexcel, Cursoexcelvba, Caminhosdoemprego entre Outros projetos online. Atualmente Professor Online dos cursos de Excel Básico, Excel Intermediário, Excel Com VBA, PowerPoint, Access, e Word.

Curso Excel Passo a Passo Grátis!

Curso Excel Passo a Passo Grátis!

Coloque seu e-mail abaixo e receba uma série de 06 aulas de Excel Passo a Passo Gratuitamente!  a metodologia que já formou milhares de alunos em todo o Brasil!

2 Comentários

  1. don disse:

    Se sim me responda e me fala como funciona o site e valor também ok

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Cancelar Resposta

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.